24/09/2013
JUSTIÇA BLOQUEIA BENS DE CUNHADO DE ALCKMIN


JUSTIÇA BLOQUEIA BENS DE CUNHADO DE ALCKMIN - IMAGEM 1


Empresário Paulo César Ribeiro é alvo de ação civil por suposto ato de improbidade, em licitação do governo de Pindamonhangaba, em 2006, para implantação de sistema de informática; ex-prefeito João Ribeiro, sócio da empresa SISP Technology S. A, teria sido beneficiado pelo esquema
24 DE SETEMBRO DE 2013 ÀS 09:41

247 - A Justiça de Pindamonhangaba (SP) decretou bloqueio de bens do empresário Paulo César Ribeiro, conhecido como Paulão, cunhado do governador Geraldo Alckmin (PSDB), em ação civil por suposto ato de improbidade. Segundo informações do Estadão, o embargo alcança R$ 1,12 milhão, de acordo com o Ministério Público Estadual. A mesma sanção foi imposta a outros oito acusados, inclusive o ex-prefeito de Pinda, João Ribeiro (PPS), e a empresa SISP Technology S. A., que teria sido favorecida por influência de Paulão.

A promotoria identificou direcionamento da licitação, em 2006, de R$ 5,077 milhões para implantação de sistema de informática. O cunhado do governador teria recebido da SISP depósitos em conta, por meio de transferências eletrônicas.

Paulão também é alvo de um processo criminal. Em outubro de 2011, a Justiça Federal em Taubaté (SP) ordenou a indisponibilidade do patrimônio por suposta ligação com cartel da merenda escolar.


Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter



Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis,
Bares e Restaurantes de Serra Negra

Rua Duque de Caxias 135
Sala 01 - CEP: 13930-000
Tel: 19 3892-6039
Email: contato@sechssn.com.br