08/03/2017
Mulheres comemoram seu dia face ao retrocesso


Mulheres comemoram seu dia face ao retrocesso - IMAGEM 1


Uma das datas mais simbólicas das lutas sociais e por direitos igualitários, mais uma vez comemoramos no dia 8 de março o Dia Internacional da Mulher em um período que compartilha muito mais semelhanças do que gostaríamos com a época em que o marco se originou .

Enfrentamos um momento de retrocessos no Brasil e no mundo, onde antigos valores, banidos do convívio social graças a incansável luta das minorias e das classes oprimidas ganham novamente voz. Aquele mesmo brado que ecoava afirmando não serem as mulheres dignas do mesmo tratamento que o homem no mercado de trabalho ou os mesmos direitos sociais, econômicos e democráticos.

Frente a nosso momento político e a crise institucional vivida pelo Brasil, os velhos monstros saíram de suas cavernas escuras e estão agora na mídia, nas redes sociais e nas ruas. Eles querem trazer a tona o seu mundo de caos onde trabalhadores são escravos, pobres são dispensáveis, políticos são monarcas e as mulheres objetos.

O dia 8 de março precisa ser mais do que uma data para se entregar flores, homenagens vazias em periódicos ou títulos de materiais promocionais, as mulheres terão que retomar o espírito de suas guerreiras daquelas fábricas e expulsar os monstros de volta as suas cavernas. As datas não podem ser apenas comemorativas, elas precisam ser dias de luta!

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter



Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis,
Bares e Restaurantes de Serra Negra

Rua Duque de Caxias 135
Sala 01 - CEP: 13930-000
Tel: 19 3892-6039
Email: contato@sechssn.com.br