07/11/2013
INFLAÇÃO ACELERA EM OUTUBRO, MAS SEGUE DENTRO DA META


INFLAÇÃO ACELERA EM OUTUBRO, MAS SEGUE DENTRO DA META - IMAGEM 1


Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 0,57% no mês passado, puxado pelos alimentos; inflação oficial acumula taxa de 4,38% no ano; no acumulado dos últimos 12 meses, a taxa é 5,84%
7 DE NOVEMBRO DE 2013 ÀS 08:58

Vitor Abdala
Repórter da Agência Brasil

A inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 0,57% em outubro deste ano. Essa é a maior taxa desde fevereiro deste ano, quando foi observada alta de preços de 0,6%. As taxas tinham sido 0,35% em setembro deste ano e 0,59% em outubro do ano passado. O dado foi divulgado hoje (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com alta de 1,04%, os alimentos responderam por quase metade da inflação de outubro deste ano. Já os transportes, com variação de 0,17%, contribuíram evitar um índice mais alto de inflação.

As demais classes de despesas tiveram as seguintes taxas em outubro: habitação, 0,56%; artigos de residência, 0,81%; vestuário, 1,13%; saúde e cuidados pessoais, 0,39%; despesas pessoais, 0,43%; educação, 0,09% e comunicação, 0,08%.

A inflação oficial acumula taxa de 4,38% no ano, igual ao registrado no mesmo período do ano passado. No acumulado dos últimos 12 meses, a taxa é 5,84%, ligeiramente abaixo dos 5,86% registrados no período de 12 meses encerrado em setembro.

Edição: Denise Griesinger

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter



Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis,
Bares e Restaurantes de Serra Negra

Rua Duque de Caxias 135
Sala 01 - CEP: 13930-000
Tel: 19 3892-6039
Email: contato@sechssn.com.br