16/02/2013
Equatorianos reafirmam apoio a Correa no último dia da campanha


Equatorianos reafirmam apoio a Correa no último dia da campanha - IMAGEM 1


No dia em que se celebra no Equador o amor e a amizade, milhares de equatorianos lotaram as ruas da Avenida Michelena, localizada ao sul de Quito, na última quarta-feira (14), para assistir ao comício de encerramento da campanha de Rafael Correa e dos deputados pelo Partido Aliança Pais (Patria Altiva e Soberana).

Por Érika Ceconi enviada especial do Vermelho a Quito

Caio Teixeira/ComunicaSul

Rafael Correa encerra campanha eleitoral no Equador
Enquanto aguardava a presença do mandatário, um show com canções de protesto - que entre outras exaltavam o inspirador da Revolução Cidadã, Eloy Alfaro, gestor de uma revolução liberal no século 20 no país assassinado por forças reacionárias -, animava o público que clamava “Já temos presidente, temos Rafael!”

Na frente do palanque, um grupo de senhoras empunhadas com cartazes, faixas e bandeiras de Correa, emocionadas declararam: “sofremos muito com os outros governos. Rafael (Correa) ajudou todos os pobres e todas as pessoas”, outra garantiu que reza, todas as noites, pelo mandatário.

Neste clima de unidade, consignas como “um turno só”, “uma lista só” eram ditas pelos candidatos à Assembleia Legislativa Nacional pelo Partido Aliança País (AP), que levaram um ferro de passar para incitar a população a votar por todos da chapa do partido.

Viva a Revolução Cidadã!

Ao chegar no palanque, Rafael Correa agradeceu o apoio popular e destacou que “aqui está a melhor resposta para tanta manipulação midiática, que diz que a campanha tem sido apática e sem interesse, nunca vi tanto entusiasmo, tanta alegria, tanta esperança. Venceremos!”, disse.

“Este domingo me apoiem, para continuarmos trabalhando juntos no país, não permitam que a oposição golpista continue conspirando contra a gente” e lembrou da tentativa de golpe de Estado que ocorreu em 2010 e também chamou a população para acabar com a “partidocracia”.

Igualdade de gênero

“A revolução cidadã tem o rosto das mulheres”, afirmou o candidato ao explicar que na lista dos assembleísmas tem que ter uma alternância de gênero, o que fez com que as mulheres tivessem mais participação na política equatoriana.

Neste sentido, a candidata Gabriela Rivadeneira ressaltou que em 42 dias de campanha o povo demonstrou seu carinho por Correa: “pudemos ver casas, praças e ruas pintadas de verde, mas sobretudo o coração e a consciência de um povo empoderado por um processo que mudou nossas vidas”, declarou.

Nosso norte é o sul

“O sul é o nosso norte, agora sim haverá a verdadeira representação da população", disse Correa, fazendo alusão à localização da avenida Michelena, que é uma das ruas mais populares de Quito.

Durante o comício, foi lembrado que a soberania no país não é apenas um discurso, mas uma realidade no governo da Revolução Cidadã “Correa negociou a dívida externa e devolveu a dignidade ao povo e a pátria equatoriana”, frisou o legislador Vírgilio Hernánez.

Para encerrar o evento, Correa cantou junto com a população canções como “O povo unido jamais será vencido” e finalizou com “Venceremos!” momento de grande emoção para todos os presentes.

A eleição será realizada neste domingo (17) e contará com a participação dos cerca de 11,5 milhões de equatorianos que elegerão o presidente, vice, 5 parlamentares andinos e 137 deputados.

Veja o especial do Vermelho sobre as Eleições no Equador aqui



Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter



Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis,
Bares e Restaurantes de Serra Negra

Rua Duque de Caxias 135
Sala 01 - CEP: 13930-000
Tel: 19 3892-6039
Email: contato@sechssn.com.br