10/12/2013
DELFIM VÊ CONDIÇÕES PARA UM 2014 MELHOR


DELFIM VÊ CONDIÇÕES PARA UM 2014 MELHOR - IMAGEM 1


Ex-ministro da Fazenda diz que a dissipação da possível "tempestade perfeita" depende apenas de uma ação firme e crível do governo brasileiro; segundo ele, a aproximação com o setor privado aumentou a probabilidade de sucesso dos leilões de concessão de infraestrutura, o que chama de poderosas alavancas para acelerar os investimentos
10 DE DEZEMBRO DE 2013 ÀS 07:25

247 – O ex-ministro da Fazenda Antonio Delfim Netto reforça a expectativa de um desempenho melhor para a economia em 2014. Segundo ele, entre 12 e 18 meses, a indústria de manufaturados usará melhor os fatores de que dispõe, ajudando na recuperação do crescimento.

Além disso, o economista vê clara disposição do governo de manter a busca da "modicidade tarifária" com amigável audiência e respeito aos limites do setor privado – o que aumentou a probabilidade de sucesso dos leilões de concessão de infraestrutura, até no setor ferroviário.

Em artigo no Valor, ele fala ainda da importância da cooperação do Congresso para afastarmos as ameaças e as incertezas que hoje nos cercam. “A dissipação da possível "tempestade perfeita" depende apenas de uma ação firme e crível do governo brasileiro”, disse

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter



Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis,
Bares e Restaurantes de Serra Negra

Rua Duque de Caxias 135
Sala 01 - CEP: 13930-000
Tel: 19 3892-6039
Email: contato@sechssn.com.br