10/12/2013
VASCO USA PANCADARIA PARA MELAR BRASILEIRÃO


VASCO USA PANCADARIA PARA MELAR BRASILEIRÃO - IMAGEM 1


Clube irá ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para questionar o reinício da partida que disputou com o Atlético-PR, que foi interrompida pela confusão entre torcedores; "O árbitro continuou o jogo após 75 minutos de paralisação. A tolerância é muito clara. Eles intimidaram o Vasco a jogar. Fiz a sugestão de tirar o time de campo em duas oportunidades. O juiz não deixou", afirma o vice de futebol Ercolino de Luca; Vasco perdeu o jogo por 5 a 1 e foi rebaixado para a Série B
9 DE DEZEMBRO DE 2013 ÀS 21:51

247 - A direção do Vasco apresentará nesta terça-feira (10) ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) recursos em que questiona a partida que disputou com o Atlético-PR no último domingo (8), em que perdeu por 5 a 1, na tentativa de anular o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Durante o jogo, torcedores protagonizaram cenas de selvageria. Três pessoas ficaram gravemente feridas.

O Vasco vai alegar que o Regulamento Geral de Competições foi ferido em razão de a partida ter sido reiniciada após 75 minutos de paralisação. O prazo no artigo 21 do regulamento feito pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) fala em 30 minutos de pausa e mais 30 de acréscimo.

"O regulamento diz isso. O árbitro continuou o jogo após 75 minutos de paralisação. A tolerância é muito clara. Eles intimidaram o Vasco a jogar. Fiz a sugestão de tirar o time de campo em duas oportunidades. O juiz não deixou. Perguntei se sairia vivo dali se o Vasco vencesse. Foi um erro do árbitro e estamos tentando ir atrás disso. Não é uma virada de mesa, é outra situação. Não tinha a menor condição de ter jogo e fomos pressionados de todas as formas", afirmou o vice de futebol Ercolino de Luca, ao UOL.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter



Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis,
Bares e Restaurantes de Serra Negra

Rua Duque de Caxias 135
Sala 01 - CEP: 13930-000
Tel: 19 3892-6039
Email: contato@sechssn.com.br