05/06/2014
DECISÃO SOBRE EXTRADIÇÃO DE PIZZOLATO É ADIADA PARA OUTUBRO


DECISÃO SOBRE EXTRADIÇÃO DE PIZZOLATO É ADIADA PARA OUTUBRO - IMAGEM 1


Corte de Apelação de Bolonha adiou nesta quinta-feira 5 a decisão sobre a extradição do ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, que fugiu para a Itália após ser condenado na Ação Penal 470; a razão, segundo o advogado de Pizzolato, Alessandro Sivelli, foi a falta de informações sobre os presídios brasileiros
5 DE JUNHO DE 2014 ÀS 14:27

247 – A Corte de Apelação de Bolonha, na Itália, decidiu nesta quinta-feira 5 adiar para o dia 28 de outubro a decisão sobre a extradição do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, que fugiu para o país depois de ter sido condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na Ação Penal 470.

De acordo com o advogado de Pizzolato, Alessandro Sivelli, a razão do adiamento foi a falta de informações sobre os presídios brasileiros que podem receber Pizzolato. A defesa do ex-diretor do BB tem enfatizado a questão dos direitos humanos no Brasil para tentar evitar a extradição.

Os advogados alegam que Pizzolato não pode ser extraditado por também ter cidadania italiana. Já o pedido de extradição feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e entregue ao Ministério das Relações Exteriores na Itália em fevereiro defende que a cidadania não impede totalmente a extradição.

Representantes da PGR, da Advocacia-Geral da União (AGU) e do Ministério da Justiça do Brasil compareceram à audiência nesta quinta.

Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter



Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis,
Bares e Restaurantes de Serra Negra

Rua Duque de Caxias 135
Sala 01 - CEP: 13930-000
Tel: 19 3892-6039
Email: contato@sechssn.com.br